top of page

O Brasil mostra a sua cara: uma viagem pela cultura dos 27 estados

Era uma vez um concurso nacional de cultura, onde cada estado do Brasil tinha que apresentar um aspecto de sua identidade cultural, como música, dança, culinária, literatura, artesanato, folclore, etc. O concurso era transmitido pela televisão e tinha um júri formado por personalidades famosas da cultura brasileira. O público também podia votar pelo telefone ou pela internet. O estado vencedor receberia um prêmio em dinheiro e um troféu.

O concurso começou com a apresentação do estado do Acre, que mostrou a sua riqueza natural e a sua diversidade étnica, com destaque para os povos indígenas e suas tradições.

Em seguida, veio o estado de Alagoas, que encantou com o seu folguedo popular chamado Guerreiro, uma dança dramática que conta a história de um rei negro e sua corte. Depois, foi a vez do estado do Amapá, que surpreendeu com a sua culinária exótica, baseada em frutos do mar e frutas regionais, como o açaí e o bacuri.

O concurso continuou com as apresentações dos outros estados, cada um mostrando um aspecto diferente e original de sua cultura. O estado do Amazonas trouxe o seu Festival de Parintins, uma disputa entre dois bois-bumbás, o Caprichoso e o Garantido, que representam as cores azul e vermelho.

O estado da Bahia trouxe o seu axé, um ritmo musical que mistura elementos africanos, indígenas e europeus. O estado do Ceará trouxe a sua literatura de cordel, uma forma de poesia popular impressa em folhetos ilustrados com xilogravuras.

O estado do Distrito Federal trouxe a sua arquitetura moderna, projetada por Oscar Niemeyer e Lúcio Costa. O estado do Espírito Santo trouxe o seu congo, uma manifestação musical e religiosa de origem africana.

O estado de Goiás trouxe as suas Cavalhadas de Pirenópolis, uma encenação da luta entre cristãos e mouros na Idade Média. O estado do Maranhão trouxe o seu bumba-meu-boi, uma festa folclórica que envolve música, dança, teatro e sátira.

O estado do Mato Grosso trouxe o seu rasqueado cuiabano, um estilo musical típico da capital Cuiabá. O estado do Mato Grosso do Sul trouxe o seu chamamé, um gênero musical de origem paraguaia que se popularizou na fronteira com o Brasil.

O estado de Minas Gerais trouxe o seu queijo minas artesanal, um produto tradicional feito com leite cru e coalho. O estado do Pará trouxe o seu carimbó, uma dança afro-indígena que usa saias rodadas e tambores.

O estado da Paraíba trouxe o seu forró pé-de-serra, um ritmo musical que usa sanfona, triângulo e zabumba. O estado do Paraná trouxe a sua Festa da Uva, uma celebração da colheita da fruta que reúne descendentes de imigrantes italianos.

O estado de Pernambuco trouxe o seu frevo, uma dança acrobática que usa sombrinhas coloridas e passos rápidos. O estado do Piauí trouxe a sua opala, uma pedra preciosa encontrada na região de Pedro II.

O estado do Rio de Janeiro trouxe o seu samba-enredo, um gênero musical que narra a história dos desfiles das escolas de samba. O estado do Rio Grande do Norte trouxe o seu caju, uma fruta típica que é usada para fazer sucos, doces e licores.

O estado do Rio Grande do Sul trouxe o seu chimarrão, uma bebida feita com erva-mate e água quente que é compartilhada em uma cuia. O estado de Rondônia trouxe o seu artesanato em madeira, feito com técnicas sustentáveis.

O estado de Roraima trouxe o seu Monte Roraima, uma formação geológica impressionante que fica na fronteira com a Venezuela e a Guiana. O estado de Santa Catarina trouxe a sua Oktoberfest, uma festa de origem alemã que celebra a cerveja e a gastronomia.

O estado de São Paulo trouxe a sua pizza, um prato de origem italiana que se tornou um símbolo da cidade de São Paulo. O estado de Sergipe trouxe o seu reisado, uma manifestação cultural que homenageia os Reis Magos.

O estado do Tocantins trouxe o seu jalapão, uma região de cerrado que abriga cachoeiras, dunas e fervedouros. O concurso terminou com a apuração dos votos do júri e do público, que escolheram o estado vencedor. O resultado foi anunciado pelo apresentador, que disse:

E o grande vencedor do concurso nacional de cultura é… o Brasil! Sim, o Brasil inteiro é o vencedor, pois todos os estados mostraram a sua beleza e a sua diversidade, e provaram que a cultura brasileira é uma das mais ricas e variadas do mundo. Parabéns a todos os participantes e ao povo brasileiro, que tem motivos de sobra para se orgulhar de sua cultura!

E assim terminou a história, com uma grande festa e um show de fogos de artifício, que iluminaram o céu com as cores da bandeira brasileira. Fim.



2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page